Hey!

Vivemos em uma época onde a fotografia esta presente em todo lugar.

Basta olhar ao seu redor que, possivelmente, alguém estará fazendo algum registro por aí, seja de uma refeição ou até mesmo um auto-retrato, conhecido como a velha e boa "selfie".

Umas das redes sociais que mais crescem, por exemplo, tem como objetivo principal o compartilhamento de fotos.

Isso só prova o quanto a fotografia realmente tem ganhado mais adeptos pelo mundo.

Muita gente tem a fotografia como hobby e isso é ótimo, mas tem muitas pessoas que usam desse dom pra tornar isso um negócio e é aí que esse artigo entra.  Já pensou em tornar sua fotografia um negócio? Já pensou em gerar renda com a fotografia?

Bom, se sim, quero te dar algumas dicas pra isso, mas já adianto que não é algo tão fácil e simples, mas que é muito prazeroso.
Ah, outro ponto importantes, essas 5 dicas vão te dar uma luz, mas não quer dizer que serão suficientes, entre em contato

e podemos de ajudar de forma mais completa a ingressar nesse mundo mágico da fotografia.
 

Dica 1 - Entenda o nicho que quer entrar
Sim, a fotografia tem diversas áreas e nichos.

Você até pode tentar abraçar todos, porém, terá dificuldades muitas dificuldades e um custo inicial muito maior,
principalmente na hora de escolher seus equipamentos.

Exemplo: Hoje fotógrafo 80% de uma casamento com uma 24mm 1.4 e uma 50mm 1.2.

Esse setup não me ajudaria muito na hora de fotografar natureza ou esporte por exemplo, onde lentes tele-objetivas são mais bem vindas.
Já pensou em encarar um leão faminto com uma 24mm? Não daria muito certo!

Ou seja, por mais que seja fotografia, o investimento de algumas áreas são bem diferentes.
E, definir em qual delas você quer atuar é muito importante, pois te fará dedicar seus investimentos no lugar certo.

Dica 2 - Esqueça o lado artista e foque no lado empresarial
Fotografar é a parte mais prazerosa da coisa e hoje, muita gente faz fotos incríveis por ai,
porem, na hora de fazer isso gerar renda, de fazer sua fotografia de fato se tornar um negócio, eles pecam e tudo desanda.

Saber administrar o negócio é algo que muita gente não domina e isso faz com que muitos fotógrafos quebrem, eu quase quebrei em 2012
e foi graças a uma palestra de um outro fotógrafo que consegui enxergar pontos que estavam ficando esquecidos e que eram fundamentais.

Então, se vai transformar sua fotografia em um negócio, muito cuidado nessa parte.

Pense em gestão financeira, leia sobre como um negócio funciona e entenda que a sua fotografia,
agora é uma empresa e empresas precisam ser geridas como tal.

Dica 3 - Estude sempre
Independente do seu nicho de fotografia, estudar é sempre necessário.

Buscar novos conhecimentos dentro da sua área, entender quem são as referências e criar a sua identidade, fará com que você se torne um grande profissional.

Entenda que, ao sair do hobby, onde você fotografa apenas pra você, agora você estará atendendo um cliente

e isso exige mais conhecimento técnico e menos possibilidades de erros.
Busque referencias, livros, cursos e tente sempre se manter atualizado, sabendo separar o que é tendencia e o que é modismo.
Afinal, existe uma grande diferença entre os dois.

Dica 4 - Invista em você e na sua marca, não só em equipamentos

Um bom equipamento vai te ajudar a na hora de usar sua criatividade.
Mas um bom site vai te ajudar e muito a mostrar seu trabalho ao mundo.
É ele o seu cartão de visitas online, onde as pessoas verão seu trabalho e poderão definir se o contratarão.

Um bom site pode ajudar inclusive na divulgação do seu trabalho, basta que ele seja bem indexado.

Uma das empresas que é referência quando o assunto é site para fotógrafos, é a ePics, fundada pelo fotógrafo Evandro Rocha.

A ePics tem soluções perfeitas quando o assunto é site e também fluxo de entrega de imagens,
além de ajudar também com a criação de identidades visuais.

Um bom site é tão fundamental quanto um equipamento bom.
Pense que é ele que fará você estar visível e bem apresentável, sempre e a qualquer hora.

 

Dica 5 - Tenha disciplina e dedique-se

Fazer sua fotografia gerar renda, não é uma tarefa simples.

Entender isso é o que te fará ir além.

Não espere um enorme retorno da noite para o dia, pois isso não existe.

Invista em conhecimento, em portfólio, em apresentação e, se fizer tudo certo, você certamente verá seus esforços e investimento valendo a pena.

A 9 anos que vivo de fotografia, foi ela que me levou a Europa, que me fez rodar boa parte do Brasil e que paga minhas contas,

que me deu dois carros e que me possibilita ter tempo e qualidade de vida.

É com ela que sustento meus objetivos, minha casa, meu estúdio, meus hobbys, meus pets e a minha família.
Ter disciplina e dedicação é fundamental pra quem quer fazer da fotografia o seu negócio.


Bem, agora que você tem uma ideia de como começar a tornar isso um negócio, trace suas metas e tire essa vontade do papel.

Escolha seu nicho, entenda o que é melhor pra ele em termos de equipamento e atendimento e alinhe isso com um bom site.

Depois, basta se dedicar e ter disciplina, como em tudo na vida.
Ah, claro, se precisar de ajuda, conte comigo!
Podemos inclusive apresentar mentorias personalizadas, pra te ajudar a ir mais além!

Esse é o primeiro da serie de 10 posts que vão te ajudar a mudar sua fotografia em 2020.

Um projeto que eu tirei do papel em 2020, que busca ajudar a quem de fato quer mudar a forma como vive de fotografia.