Imagem capa - Porque escolhemos a Perrier no Estúdio? por Bernardo Zirkheuer
Empreendedorismolife-style

Porque escolhemos a Perrier no Estúdio?

Exatamente 23:03 de 19 de Março.
Acabei a pouco de falar com um amigo, conversando obviamente sobre trabalho e idéias.
Eis que surge uma pergunta: - Cara, acho super legal aquela garrafinha de água que vocês servem nas reuniões, que marca é?
Bom, essa pergunta inocente rendeu um bom papo e muito mais do que uma simples resposta.
Como sempre falo, quase tudo aqui no estúdio tem um motivo, 90% das coisas que estão aqui tem um motivo.
E com a água não é diferente.
Quando respondi sobre a marca, esse amigo imediatamente buscou na internet, pra saber e ver do que se tratava e logo voltou surpreso com o preço da "água".
- Sério? 10 reais em uma água? Pra cliente?
Não, 10 reais em uma das marcas que mais me marcaram na vida.
Me lembro como se fosse ontem, numa dessas madrugadas da vida, lá em 2014, enquanto buscava videos inspiradores e conteúdo de marketing, me deparei com um video do carismático (e ultra,power,f#%oda) Djokovic, ao final de uma das partidas de Roland Garros.
No video, Djokovic esta sentado, enquanto um dos boleiros segura um guarda-chuva pra que ele, Djokovic, não se molhe.
Ao perceber, Djokovic tem uma reação das mais engraçadas e mais emblemáticas.
Ele convida o garoto a se sentar ao lado dele, entrega a raquete ao menino e por alguns segundo, Djokovic troca de papel com o garoto.
Djokovic pega uma Perrier, entrega ao garoto, brinda com ele e a plateia aplaude o ato.
Djokovic então pede pra que as palmas sejam direcionadas ao garoto e pede que sejam mais altas.
A plateia atende o pedido e os dois dividem mais alguns segundo juntos.
Eu não sei o que isso significou de fato para o garoto, mas acredito que ele tenha se sentido especial e vá levar isso para o resto da vida.
E aquele brinde, de futuro e presente, me deixou rindo por horas.
Pois a vida é isso, ceder o status de estrela, deixar o ego de lado e ouvir de igual pra igual a quem te admira.
Quando oferecemos uma Perrier ao nosso cliente, queremos que ele se sinta assim, que toda a admiração que ele possui pelo meu trabalho, seja retribuída pela minha admiração pela historia dele, pelo que passaram pra chegar até aqui e se sentar comigo.
E, caso isso seja tão profundo a ponto de você não entender a importância que um gesto tem,
pense pelo lado mais raso:
Se o seu cliente não merece a experiência de consumir algo que tem um valor agregado,
porque ele deveria contratar você?
Ou o que você vende não tem valor agregado?
Ou o que você faz é só "agua", é só aperta um botão?

O que diferencia a sua marca das outras marcas é o que você gera ao seu cliente, de trabalho, de atendimento, de conteúdo e de informação.
Seu cliente te contrata pela sua fotografia, mas leva junto seu humor, seu caráter (ou a falta dele quando você usa programa de edição não licenciado) , os livros que você lê, as coisas que você gosta e as experiencias que você vive.
Ele leva junto a sua cultura.
A minha, sempre foi entender o significado por trás das marcas e quais os valores que elas possuem.

Não é por ser uma água cara, é por ser uma marca presente em momentos importantes, como uma final de Roland Garros.

Abaixo, você pode conferir um trecho do vídeo desse momento.